Será que os Deputados vão expor ser gastos na Internet?

6 04 2009

                                                                                                    Marcos Alexandre

blog-esconder1     Está em vigor desde 1º de abril, uma resolução da Câmara que obriga os parlamentares a detalhar seus gastos com a chamada verba indenizatória na internet. Como sempre, falta transparência por parte daqueles que elegemos. Falta comprometimento deles, com seus eleitores, ou seja, nós. De acordo com o Blog do Josias, somente 48 dos 513 deputados se dignaram a expor no portal da Câmara as despesas dos primeiros dias do mês. Juntos, esses 48 deputados gastaram R$ 65,6 mil. A menor despesa foi feita por Beto Mansur (PP-SP): um táxi de R$ 10.

Os gastos mais expressivos foram lançados na “divulgação da atividade parlamentar”. Cinco deputados gastaram R$ 30.520,72.

A verba indenizatória é de R$ 15 mil e é utilizada pelos parlamentares para ressarcir gastos –incluindo os de seus Estados de origem.

 

A folha online tem arquivo sobre sobre verba indenizatória





DESCASO COM A EDUCAÇÃO INFANTIL

24 03 2009

Alessandra Batista

Foto retirada do site: http://www.adriano.gosuen.nom.br/pmwiki/index.php/Educacao/CirandaEmDefesaDaEducacaoInfantil

comiteshipicaaeroporto

Como toda casa precisa de uma boa base para ser sólida, a educação infantil é o alicerce do indívíduo. Entretanto, infelizmente o que se observa no brasil é um verdadeiro descaso com os pequenos.

Além da grande procura por vagas, ou ainda pela falta delas nas escolas públicas, a educação infantil  enfrenta um período de desleixo.

Professores mal remunerados, falta de investimento e descaso resultam na má qualidade do ensino, que em conjunto com a falta de vagas contribuem para o aumento do número de escolas particulares de educação infantil, mas infelizmente não para a melhoria da sua qualidade segundo uma pesquisa realizada pela fundação getúlio vargas, crianças pobres que frequentam a escola já nos primeiros anos de vida possuem renda mais alta e menor índice de criminalidade na idade adulta.

Se decidirmos comparar, o custo da educação infantil é realmente maior que a do ensino fundamental, porém o custo com um detento no sistema infanto-juvenil é 25 vezes maior.

Portanto, se o governo investisse mais para construir essa base sólida,   o gasto tanto com presos quanto com programas sociais seria bem menor.

O brasil precisa ainda aprender a investir na prevenção e não no remédio.

 

 





A Ciência das Cores

24 03 2009

Renata Zuddio

Foto: Google 

fsdfsdf

 As cores em determinados ambientes podem nos agradar ou incomodar.

 Da mesma forma que uma cor pode nos influenciar positivamente, outras podem nos desagradar ou passar péssimas sensações.

 Define-se Cromoterapia como a ciência que utiliza as cores do Espectro Solar para restaurar o equilíbrio físico-energético em áreas do corpo humano atingidas por alguma disfunção, começando por aliviar as dores e finalmente pela recuperação dos pacientes, na maioria das doenças

 

 

O USO TERAPÊUTICO DAS CORES

 

Vermelho  aumenta a energia vital

Rosa ativa a energia amorosa, elimina impurezas do sangue.

Laranja    proporciona maior alegria, jovialidade e libido, elimina gorduras em áreas localizadas.

Amarelo   desenvolve a criatividade,   purifica o sistema e é benéfico para a pele.

Amarelo forte  fortifica o corpo e age em tecidos internos

Verde aumenta a capacidade física e mental

Verde forte antiinfeccioso, anti-séptico e regenerador

Azul acalma e equilibra, é analgésico, regenera as células dos músculos, nervos, pele e aparelho circulatório

Azul forte lubrifica as juntas e articulações

Rosa forte age como desobstruidor e cauterizador das veias,vasos e artérias e elimina  impurezas do sangue

índigo anestésico, coagulante e purificador da corrente sanguínea, limpa as correntes psíquicas

Violeta sedativo dos nervos motores e sistema linfático cauteriza as infecções e inflamações.

Dourado concede a influência do Sol, dando ânimo e exaltação, representa a opulência e a riqueza.

Prateado concede a influência da Lua, proporciona mistério, magia, receptividade e uma natureza mais feminina.

Branco soma de todas as cores – representa inocência, pureza e paz

Preto  ausência de cor – apesar de ajudar a esconder gordurinhas indesejáveis absorve a negatividade do ambiente e representa, luto, tristeza e mistério

 

FONTE: anahata_terapias@gmail.com





Tarifa de ônibus continua a valer R$1,55

24 03 2009

Duclinea de Almeida

Foto: Acessa.com

GreveDesde a última administração, o valor da tarifa no transporte coletivo vem sendo tema de polêmica. O valor da passagem de ônibus já chegou a R$1, 75, porém por diversos fatores associados a  planilhas de custo e manutenção dos veículos pelas empresas de transporte público a tarifa de ônibus voltou a valer R$1,55 por decisão judicial. Esta semana na última segunda-feira um movimento de greve organizado pela categoria, e sindicato dos rodoviários levou a cidade ao caos. Muitas pessoas perderam o dia de trabalho, consultas médicas, entre outros, por não conseguirem pegar um ônibus que as levassem ao local desejado. Os trabalhadores reivindicam melhores salários e manutenção dos benefícios já adquiridos que iria ser cortado devido à justificativa que o valor da passagem a R$1,55 é insuficiente para manter todos os benefícios e salário dos motoristas.

Uma reunião com o prefeito Custódio Matos e representantes da categoria conseguiu suspender a greve até o dia 20, no entanto a classe trabalhista ainda espera as negociações salariais; o impasse referente ao  custo da passagem ainda continua. Por decisão judicial o valor de R$1,5 não será alterado até o final do processo que tramita na Vara da Fazenda Pública e Autarquias Municipais que avalia a planilha de custos apresentadas pelas empresas de transporte público de Juiz de Fora. Para a juíza Ana Maria Lammoglia  Jabour, a reivindicação pelo aumento da passagem não pode estar atrelada  à questões trabalhistas. A juíza não descarta a discussão de novo valor da passagem de ônibus, porém a mesma só pode ser feita com a participação dos peritos indicados pela justiça. Não só a classe trabalhista quanto à população espera a conclusão do processo para que a situação no transporte coletivo volte a normalidade, os  trabalhadores reivindicam melhores condições de trabalho e a população deseja um transporte público de qualidade pois com greves e paralisações são os que ficam mais prejudicados.





on line X off line

22 09 2008

O título do post é uma comparação entre os sites Último Segundo, canal de notícias do portal ig e o site do jornal Tribuna de Minas. Enquanto o primeiro, que nasceu com a internet, usa e abusa dos recursos mutimídia, o site do jornal dá a impressão de que não está on-line, já que é uma mera reprodução da edição impressa. Portanto, o uso variado de imagens, que estão sempre se atualizando, dão ao primeiro um ar de on-line, sempre atualizando seus links. Como o site do jornal é pobre em recursos multimídia, a impressão que se tem é que ele está off line, paradão e sem aquele ar de multimídia. E aí, você também tem esta impressão? Comenta aí embaixo e me diga o que você acha.





Revista de Comunicação

15 09 2008

Quando cursei comunicação pela primeira vez, na década de 90 do século passado, havia uma revista que era distribuída no curso que era bem legal. Era a “Revista de Comunicação”. Hoje, pensando em um novo post, me lembrei dela e fui pesquisar na web. Ela ainda existe e tem uma edição virtual bem legal. Um pouco lenta para carregar, mas depois que você pega a dinâmica das páginas dá pra ler e aproveitar tudo. Esta última edição que está disponível traz uma matéria bem interessante para nossa área de estudos, sobre as empresas que estão investindo em blogs. A matéria de capa também é muito boa, sobre como as classes D e E se relacionam com a internet nas lan houses das favelas. Vale a visita.

Depois de ler, comente!





Viajando

3 09 2008

Vocês já ouviram falar de NUVENS DE COMPUTADORES? Não? Pois então deveriam. É a tendência para daqui a 4 ou cinco anos no mercado mundial. É como o Google pretende enfrentar a Microsoft. E é muito simples de entender. Se você usa o Outlook Express, você sabe que teve que usar um CD para instalá-lo no seu computador, não é? É um chamado “programa residente”, ou seja, ele “mora” dentro da sua CPU. Você tem uma caixa postal no Gmail? Se tem, como foi instalado? Pois é, não precisa. Ele funciona igual ao programa da Microsoft, sem morar dentro da sua máquina.

Em breve precisaremos de um teclado, um mouse e um monitor. É só se conectar na internet e os programas que você precisar usar vão estar lá à sua disposição.

A Globo fez uma matéria e aqui tem um link para a matéria impressa e para o vídeo.

PS – Isto vai ser excelente para estudante de comunicação que vive nas nuvens